5 dicas para recém-casados

Autor:  
Assunto: Relacionamentos

Os sinos da igreja param de tocar e a realidade bate à porta: vocês estão casados. A celebração formal e a fuga pra lua-de-mel são águas passadas. Agora o trabalho duro de começar uma vida a dois no mundo real começa.

Mesmo quando você ama muito alguém e planeja toda a casa antes de caminhar até o altar, após dizer o “sim”, assinar toda papelada e tornar a união legal, o relacionamento de vocês mudará. Como é que pode um simples “pedaço de papel” fazer tanta diferença? Para alguns, é o sinal definitivo de que eles estão realmente comprometidos com alguém e não podem mais simplesmente pegar suas coisas e fazer o que der na telha. Para muitos, é a mudança subconsciente que diz que é uma nova fase da vida que se inicia. Além disso, e você provavelmente já sabe deste detalhe, todo mundo espera que você comece a fazer bebês logo.

Infelizmente, muitos casais ficam presos no idealizado conto de fadas nutrido pela mídia. Eles não percebem que o casamento, assim como qualquer outro relacionamento, necessita de dedicação, paciência e muito comprometimento. Não perca tempo pensando assim e nem ache que sua lua-de-mel vai durar para sempre!

Estudos mostram que quanto mais deslumbrados os recém casados, mais desiludidos ficam os parceiros (e maior o índice de divórcios) quando a magia acaba e a realidade toma conta. Na verdade, as mudanças que ocorrem nos dois primeiros anos de casamento – e a maneira como o casal está reagindo depois desses dois anos – predizem como o casamento será.

Então, quais são os segredos para o sucesso dos primeiros anos de casamento sem que eles acabem em anulação ou divórcio? O psicoterapeuta David Steinberg acredita que paciência e aceitação são duas ferramentas que ajudaram ele e sua esposa quando recém-casados. “Mesmo estando juntos já há dois anos antes de nos casarmos, eu aprendi muita coisa sobre ela esse último ano, especialmente porque agora moramos juntos”, ele diz. “Nós temos maneiras diferentes de realizar nossas tarefas. Por exemplo, eu não costumo procrastinar as coisas, mas ela costuma. Nós nos movemos em velocidades diferentes. Eu sou mais devagar e constante, ela geralmente deixa as coisas pra última hora e faz tudo correndo. Isso não quer dizer que o meu jeito seja melhor, apenas diferente. Nós tentamos não fazer com que o outro se mova na nossa própria velocidade. É, por vezes, um desafio – exigindo muita paciência –, mas nós tentamos respeitar nossas diferenças”.

Steinberg diz que os dois maiores obstáculos que os recém-casados têm de transpor são expectativas surreais e ajustar-se para morar com outra pessoa (isso assumindo que o casal não morou junto antes de casar). Ele dá cinco dicas de como os recém-casados podem tornar seus primeiros anos mais fáceis:

1. Não brigue por coisas pequenas.

Se sua esposa ou marido não limpa a cozinha tão bem quanto você, deixe pra lá. Lembre-se de que você o(a) ama mais do que uma panela suja na pia.

2. Respeite as diferenças.

Se, por exemplo, você adora futebol e sua esposa adora novela, experimente sentar um dia com ela e assistir a um episódio. Você pode gostar. Já as mulheres podem descobrir gostar de futebol mais do que imaginavam!

3. Tenha alguns limites com relação às famílias.

Não privilegiem a família de ninguém. Vejam os pais de cada um uma vez por semana ou qualquer outra freqüência, desde que seja a mesma.

4. Não se esqueçam dos amigos.

Há certa expectativa nos recém-casados de passar cada segundo da eternidade juntos. Mas não se esqueçam de que vocês não são as únicas pessoas do mundo. Saiam com seus amigos separadamente de vez em quando.

5. Dividam as tarefas da casa.

Se uma única pessoa faz toda faxina, lava toda louça, etc., o ressentimento vai se acumulando. Façam com que cada um seja responsável por algumas tarefas e façam outras juntos.

Comentários

1 Resposta to “5 dicas para recém-casados”
  1. Juliana says:

    adorei este site e ja me cadastrei…me casei a um ano e adorei as dicas

Deixe seu comentário