O que é pompoarismo?

Autor:  
Assunto: Sexo

Você já viu por aí aquelas bolinhas ligadas por cordões de nylon e se perguntou pra que diabos serviria aquilo? Pois bem, as tais bolinhas servem pra praticar a deliciosa arte de pompoar! Se o que você busca é um sexo diferente e inesquecível, essa é uma das melhores técnicas que você pode aprender, pois além de conferir a seu(sua) parceiro(a) êxtase intenso, é um ótimo exercício de conhecimento do próprio corpo.

O pompoarismo é uma técnica indiana derivada do tantra – uma antiga filosofia hindu que significa expansão (“tan”) e libertação (“tra”) – que consiste na contração e no relaxamento dos músculos da vagina e do períneo para um aumento do prazer sexual. Os primeiros exercícios surgiram como uma preparação das sacerdotisas para o Maithuna (o ritual tântrico do sexo sagrado) e foram se modificando e aperfeiçoando à medida que a técnica se popularizou. Na Tailândia, é comum que o conhecimento das técnicas de pompoarismo seja passado de mãe para filha, pois mulheres que detêm maior conhecimento dessa prática recebem dote maior quando pedidas em casamento.

Na década de 50, o ginecologista Arnold Kegel desenvolveu uma técnica semelhante para mulheres que sofriam de incontinência urinária, que consistia em exercitar o músculo pubococcígeo (músculo que se estende do osso pélvico até o cóccix e forma o assoalho que apóia os órgãos pélvicos). Ao exercitá-lo, aumenta-se o fluxo de sangue na região e, conseqüentemente, a sensibilidade da área pélvica, resultando em níveis mais elevados de excitação e orgasmos mais intensos.

Muitos dos exercícios de pompoarismo fazem parte dos Exercícios de Kegel e apresentam oito movimentos básicos:

Chupitar – sugação peniana (assemelhando-se a uma chupeta de bebês).

Estrangular – aperto do pescoço da glande por um dos anéis vaginais.

Expelir – “expulsão” do corpo do pênis, permanecendo na vagina apenas a glande.

Ordenhar – massagem do pênis pelos anéis vaginais.

Revirginar – fechamento dos lábios e do primeiro anel vaginal, dificultando a entrada do pênis.

Sugar – sugação do corpo do pênis para dentro da vagina.

Torcer – torção dos anéis vaginais.

Travar – impedimento da saída do pênis da vagina por contração.

Tornar-se um pompoarista exige treinamento. Para mulheres, a prática consiste, basicamente, em treinar os movimentos básicos (especialmente os de sucção e expulsão) com assessórios variados (que podem ser desde as famosas bolinhas ben-wa e vibradores até pepinos e bananas). Para homens, o exercício mais comum é o levantamento de pequenos pesos com o pênis.

Além do aumento da sensibilidade na região pélvica tanto de homens quanto de mulheres, o pompoarismo permite que o homem atinja o orgasmo seco (sem ejaculação), bem como um maior controle sobre o próprio pênis, o que ajuda na manutenção da ereção e no controle de orgasmos e ejaculações. Deixando as vantagens sexuais de lado, o pompoarismo também previne a incontinência urinária e a flacidez pós-parto, permitindo que a mulher recupere sua antiga forma mais rapidamente depois de dar a luz. Tá esperando o que pra começar?